sábado, 24 de abril de 2010

leve e pesada


Os dias estão sempre intensos,mas nem todos são agradáveis, eles ficam guardados tão bem detalhados em minha mente, é até curioso de pensar como isso está acontecendo comigo...
Eu lembro de cada palavra, das ações de quem estão em minha vida, daquelas que de tal forma interferem no andamento de minha vida, e modificam algumas opiniões...
Não me atualizo do mundo a fora já faz dias, as notícias passam ao meu lado, mas não as vejo, sei por um amigo ou outro o que está acontecendo, eu sempre, estive tão informada estou apenas vivendo no meu mundo...
A paisagem do meu jardim sempre se modifica, mas se logo ali no lugar que eu morava não haver mais nenhum móvel eu sentarei no chão e ficarei confortável, pois a ausência de um bom sofá eu não irei notar...
O que digo apenas é que as emoções estão me marcando, as noticias existentes são aquelas que giram em torno de mim, posso eu estar sendo tão egoísta? Pensando bem, não estou, tem muitas pessoas em volta de mim que me trazem novas emoções intensas e assim me fazem esquecer o caos do mundo a fora.

3 comentários:

Schermak, Anna disse...

Sempre uma boa leitura garantida quando venho aqui ler o que escreves (y)

As vezes precisamos um pouco do nosso mundo, apenas para nós e mais ninguem!
As vezes é bom se desligar um pouco *-*
Tomare que eu seja uma rara flor em seu jardim.

André disse...

É especial, diferente e única. Tenho certeza que nada de egoísmo existe nisso. Egoísmo tem que ter com o teu jardim, não deixar ninguém entrar sem ser convidado, mantendo o acesso restrito. hehehe. Beijos =)

Ato Abstrato disse...

O jardim é você, tudo nele muda mas você jamais se mudará dele!
De forma alguma egoísta por estar alheia a tudo no mundo a fora. Eu acho que existem momentos na vida de cada pessoa em que nos deparamos com dúvidas e nos voltamos para dentro de nós mesmos.