segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Na janela, mais uma vez...





Não tem como resistir, é imenso a menina que olha pela janela sempre imagina o que nem imaginava que sua imaginação conseguiria imaginar...
Olhar para o céu ao som de Sometimes é incrivelmente bom ao seu coração, o frio não faz com que ela se distancie dos gelados vidros, ela se encanta olhando as árvores balançarem lá fora, garra que deixa o dia tão mais frio, ela não fecha a janela, gosta de sentir o vento partir o seu rosto e enrolar seus cabelos.
Em um dia de sol, o céu tão mais incrivelmente azul, não se pode descrever, só se pode sorrir, o contorno dos olhos parece das limites ao tamanho que é tudo o que prende seu olhar, então olha-se pra lá e depois pra cá, não se cansa.
As nuvens sempre formam o que tanto ela quer ter nas mãos, o céu pode ser generoso em encantar o seu olhar formando o que ela tanto quer perto, mas o céu está tão longe, isso não vale, tinha que se fazer na Terra, mas está ai todo encanto do que é apreciar imaginar.
Então logo ela pensou, que poderia pintar o céu, em dias lindos ele se faz seu quadro, sua foto, seu registro, é tudo tão perfeito que parece que foi ela quem criou, quando isso se faz reforça sua oração e senti que foi prestigiada com tanta beleza, é do jeito que sempre imaginou a diferença é que é muito mais real do que consegue imaginar, mesmo assim ela diz: -Hoje, tirei uma foto pra vida, pintei quadro do céu, eu vi a luz do dia nascer no meu pincel.
Ela termina a sorrir, no dia seguinnte veio a chuva, ela sentiu a brisa bater, caminhando até seu destino seu cachecol voava com o vento, mas de seu delicado pescoço não fugia, suas mãos escondidas sabiam que hoje não daria pra pintar, mas seus olhos tinham certeza que estavam a fazer um bom trabalho, muitas fotos estavam a tirar.
Seus dias são encantados, muitos deles são melhores no fim, outros começam maravilhosos, até mesmo em alguns quebra-se no meio, mas sempre tem um detalhe agradável a sua memória e doce ao seu coração.
A menina do jardim, a menina da janela, fica triste quando não consegue descrever aqui dias como estes ali.

Um comentário:

[јuṡτ] яuαṉ disse...

"...sempre tem um detalhe agradável..." *-*'''

Detalhes, detalhes e mais detalhes, como eu aprecio tanto os detalhes, e dias chuvosos são incríveis para fotos, belo post Cibele =)