quarta-feira, 31 de março de 2010

Olhos de Céu

"Eu vi o céu, quando olhei nos seus olhos, mas eu vi seu coração, quando eles falaram comigo."


Maravilhosamente, encantadora, você me faz ti admirar intensamente, sabe como usar e abusar de seu dom, magnifica e bela, simples és tu querida. Muito obrigada, feliz estou em saber que seu coração foi apresentado a mim e de saber que ele é raro, mais raro do que achar realmente uma linda e mais brilhosa estrela no céu...
Assim, todos admiram a beleza, todos admiram o céu, mas muitas vezes não conseguem reconhecer a rara beleza, que só os raros cristais dos olhos conseguem ver.
Eu vejo o céu, a beleza, o raro, eu vejo tudo isso em seu olhar.
Estou tão longe, não posso ti tocar, mas a sinto intensamente, em meus pensamentos, tu não passa vagamente, tu é presença marcante e constante, Anna Schermark, minha querida amiga.
Admirada por mim, o Anjo que me socorre na minha tempestade, que me encanta sempre.

Acredito que você exista, e persista sempre, que és real, mas consigo traga algo surreal, encantador, admirável por mim, todo o seu amor, seu amor pela vida.

Um comentário:

André disse...

Lindo texto e linda amizade =)