domingo, 28 de março de 2010

Inútil ou não...

Muitas vezes passo horas lembrando dos casos ocorridos, dos amores ditos, da alegria encontrada no momento, das vidas que me gostaram perto, das famílias que conheci, que são amigos eternos em meu coração...
Muitas vezes eu tento me reaproximar do que passou, do que se foi, buscar o sorriso que partiu, tentar aquecer as conversas que eram tão ótimas para mim, acrescentaram tanto, mas isso se torna muitas vezes doloroso...
Mesmo sabendo que não amei quem me amou, quem me quis pra si, eu sei que uma história eu tenho com este, e ele até então me fez sorrir, mas quando é complicado não consigo me sentir bem falando novamente com quem pude ter momentos lindos ao lado, ou até mesmo descobrindo que não era amor e sim amizade entre ambas as partes, passar horas olhando e sorrindo de minhas bobagens era tão bom...
Quero tanto ajudar quem tenho carinho, mas as vezes dói quando essa pessoa se fecha, mesmo sentindo algo pequeno perto do que é amar de verdade, acredito que seja inútil, terei eu que deixá-lo de lado? Que seja, se tiver que ser assim será, mesmo sabendo que ainda tenho esperanças de entendê-lo.
Acredito ser assim, as regras pra quem ainda vai achar alguém para amar de verdade, nem todos os ex- serão os melhores amigos depois.

Um comentário:

André disse...

Entendo perfeitamente esse empasse. Continue sendo sempre agradável como é, tudo ficará bem. =) Beijos