terça-feira, 13 de abril de 2010

Como eu viajei


Ahh como eu ri a toa, pensando em tantas coisas
Eu sempre tola, pensava em muitas coisas
Ahh como eu viajei, logo vi que a vida pode ser tão simples
Eu sempre pensei que pudesse manipular tudo
Já fui cruel, mas hoje eu vejo que não posso
Posso apenas imaginar o que quero que seja, como quero que seja
Não sou todo o tempo a melhor pessoa para os outros, assim como nem tudo me agrada
Passei horas pensando em muitas coisas
Eu vi que quando eu era criança namorava por sorrisos.
Lembrei da minha primeira festa Junina, onde eu nem fui caipira, mas me senti a maior jeca
Eu ri dos motivos pelos quais eu comia feijão a força pra ganhar o sorvete que eu nem me lambuza pra chupar, ri mais ainda ao ver que hoje sou um caos para tomar sorvete, metade se derrete em minhas mãos, por isso estou aderindo as cestinhas.
Eu ouvi os insetos falando comigo, na festa da piscina com as bonecas eu colocava as companheiras formigas para nadar, como eu era cruel.
Ri muito mais quando eu pude ver na parede de casa o gato mais feio que já vi, ele morreu atropelado, e Chico Xavier veio abraçá-lo, sim eu vi isso, pode até perguntar para o Diego, como gargalhei quando eu notei que estava viajando sem ter mais oito anos. Depois de um bom tempo com as figuras em mente, eu comecei a falar com a barriga dele, ri quando ela disse que não estava sendo bem cuidada, e que ele tinha que tratar de cuidar melhor dela, é eu dei bronca nele sim, ele riu e olhou pra mim, eu ri e vi que aquilo era fascinante, ela me respondia.
Nuvens enchem minha cabeça, raios de sol saem de meus olhos, neve cintila em minha boca, uma maré vermelha é minha língua, o meu nariz, ahh meu nariz, não é um chafariz, mas sim a montanha que mais eu admiro, ele é tão bonitinho (um feio arrumadinho).
O sono estava vindo, e a história se refrescando em minha memória, quando tocamos na música, ela tocada para nós, nos tocou, lindas canções recordamos.
Eu me vi caminhando e cantando, seguindo a canção.

4 comentários:

Ato Abstrato disse...

Nostalgia boa essa (:

Schermak, Anna disse...

Me fez por algum momento esquecer de tudo *-* Que belo!

André disse...

Você flutua como uma pluma em um mundo lindo. Cada dia mais agradável. But I'm a creep.

KiraHighlander disse...

adorei amiga linda